Setor de eventos se adapta ao novo formato

Setor de eventos se adapta ao novo formato

Criado por Londrina Convention Bureau em 08/09/2020

  • 931

Com a pandemia COVID-19, o setor de eventos tem sido diretamente afetado. Enquanto as empresas esperam pela aprovação das autoridades de saúde para a retomada dos eventos, de maneira gradual e segura, o mercado de eventos tem se reinventado para existir durante a pandemia. Além de buscar alternativas para manter os negócios e a economia funcionando, as empresas também têm buscado maneiras de entreter o público. 

A volta do Drive-in

O cinema Drive-in surgiu nos anos 50 junto com novos estilos de filmes que começaram a fazer muito sucesso. A modalidade, criada nos Estados Unidos, foi um verdadeiro sucesso e foi se espalhando pelo mundo todo. Com o tempo, as salas de cinema foram se popularizando e esse estilo deixado de lado.

Mas, como uma das principais medidas de segurança contra o coronavírus é a distância entre as pessoas, o Drive-in tem sido um verdadeiro case de sucesso. Em Londrina, as sessões já começaram em vários ambientes, algumas abertas ao público e outras com convites direcionados, promovidas por shoppings centers, empresas e espaços de entretenimento.

A popularização das lives

Seja no entretenimento ou para um evento de negócios, todo mundo já acompanhou alguma live durante a pandemia. Essa é outra alternativa do setor de eventos para manter um calendário e também para continuar falando sobre seus negócios. As lives de cantores foram um marco no começo da pandemia e desde então estão se popularizando. 

Além de permitir que os artistas continuem realizando shows para o público, as lives também abriram portas para as produtoras. Respeitando as medidas de segurança e a distância permitida, muitas produtoras tem realizado lives de vários artistas e lives corporativas para manter as empresas conectadas com o mercado. 

Este foi o caso da Frezarin Eventos e da Starlusion em Londrina. As empresas do ramo de produções e eventos estão inovando durante a pandemia. A Frezarin já realizou mais de 50 eventos digitais, entre eles eventos corporativos, congressos técnico científicos e festivais, transmitindo eventos digitais a partir de Londrina para clientes regionais e outros em São Paulo e Campinas. A Starlusion também segue no ramo artístico e empresarial, tendo realizado 60 lives culturais e mais 10 corporativas, totalizando mais de 160 horas de eventos online. 

Além de buscar a melhor maneira de reativar esse mercado, o setor de eventos está mostrando criatividade, oferecendo alternativas para movimentar o setor e que podem continuar ativas depois da pandemia. Quer saber tudo que está rolando no setor de eventos em Londrina? Então continue acompanhando nossa Newsletter.

Fotos